Goiasvelho.tur.br - Portal da Cultura e Lazer da Cidade de Goiás Velho
Eventos
Fotos
Vídeos
Teens
Educação
Cidadania
Saúde
- Se é importante? está aqui!

Cidade de Goiás

Hoteis e Pousadas

História da Cidade de Goiás

Monumentos Históricos

Museus

Atrativos

Album de Fotos

Restaurantes

Pizzarias

Bares

Comercios e Serviços

Cora Coralina

Cidade de Goiás

Dicas

Camping

Lan Houses

Artistas Plásticos

Mapa da Cidade

Como Chegar

Eco Turismo

Artesãos

Artesanatos

Clubes

Informações

Agenda 2009

Igrejas Históricas

Prefeitura

Fotos

Câmara Municipal

Telefones Úteis

Balneários

Principais Rios

DESTAQUES

Placas

Melhores Faculdades

Cidadania

Moto-taxis

Parque da Serra Dourada

Ponto de Táxis

Escolas Municipais

Escolas Estaduais

Faculdades

Hoteis Fazenda

Pousadas Ecológicas

Rios e Cachoeiras

 

Igrejas Evangélicas em Goiás

www.goiasagito.com

www.vilaboadegoias.com.br

Vídeos

DJS Locais

Músicas

Camping na Cidade de Goiás

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


Hospedagem - Camping - Casas - Notícias - Programação - Shows - Oficinas
XI FICA terão Shows com os cantores Martinho da Vila e Vanessa da Mata


Hospedagem - Camping - Casas - Notícias - Programação - Shows - Oficinas
Lista das Obras Selecionadas para o XI FICA

Curtas (8 obras)

Aqui – Documentário, 19min 50seg, 2009, direção: Torquato Joel – Paraíba, Brasil

Sinopse:
Entre o sertão e o mar, cânticos da história, das paisagens e do cotidiano do povo de um lugar.

Calango Lengo – Morte e Vida Sem Ver Água – Animação, 10 min, 2008, direção: Fernando Miller – São Paulo, Brasil

Sinopse:
Calango Lengo, nordestino, tem que cumprir seu destino, sem ter o que pôr no prato. Na seca não há outra sorte: viver fugindo da morte, como foge o rato do gato.

Mar de Dentro – Documentário, 14min, 2008, direção: Paschoal Samora – São Paulo, Brasil

Sinopse:
Velhos pescadores recorrem à memória afetiva para contar suas histórias de aventuras e amores. Em um cenário onde o tempo parece ter parado para ouvi-los, eles se recordam da época em que viviam no mar e do mar. Em meio ao cotidiano, os depoimentos das personagens vão se misturando no decorrer do filme para formar um só discurso. Como se as histórias pudessem criar um único fio da memória, tão forte e presente como o próprio mar na vida de cada um deles.

Resignificar – Documentário, 16min 35seg, 2009, direção: Sara Vitória – Goiás, Brasil

Sinopse:
Vivemos num tempo de profundas contradições. De um lado, há sinais de que parcela da humanidade começa a se despertar para a finitude dos recursos naturais. Do outro, as facilidades proporcionadas pelo avanço tecnológico e os interesses de mercado desencadeiam um ciclo de consumo vicioso e altamente oneroso.O resultado, dentre outros, é a geração de um tipo de lixo que muitos, se quer , se deram conta de suas conseqüências para o meio ambiente: o tecnológico. Ninguém parece escapar da responsabilidade sobre sua geração, nem mesmo os produtores de audiovisuais que se dedicam a discutir.

Encerramento – Ficção, 16min 14seg, 2007, direção: Michael Ragot – França

Sinopse:
Uma a uma, as vacas vão para o abate. Sob o olhar da “velha” e do condutor do animal, a criança tenta conter os animais. Ela jura que um dia também cuidará das vacas...

Sem Grandes Problemas – Ficção, 10min, 2008, direção: Sersar Yacine – França

Sinopse:
Um homem comum, uma mulher envolvida com a ecologia visitam a sala do extinto Museu Nacional de História Natural de Paris...

Anjo – Animação, 11min, 2008, direção: Agnieszka Skolik - Polônia

Sinopse:
Uma visão aérea de um panorama pitoresco da Terra. Sua atmosfera e cada cena referem-se a eventos atuais. “Angel” é um olhar pessoal sobre mundo em que vivo. Os impulsos registrados em minha consciência foram traduzidos em figuras colocadas em movimento com a ajuda de técnicas tradicionais de animação. Sem recorrer ao computador e usando apenas tintas e pincéis, procurei adicionar uma dimensão humana individual para a interpretação de fenômenos encontrados no mundo contemporâneo.

Me Dá um Abraço – Documentário, 13min 30seg, 2008, direção: Geert Droppers – Holanda

Sinopse:
O tubarão é um dos mais importantes predadores em nosso oceano e ainda existe muito que nós ainda não entendemos, sequer sabemos, sobre estes animais fascinantes. Esse curto documentário mostra um dos fenômenos mais misteriosos no mundo animal; animais maravilhosos, mostrando um comportamento totalmente diferente do que a maioria das pessoas poderia esperar.

Médias (15 obras)

A Próxima Mordida – Documentário, 33min 30seg, 2009, direção: Ângelo Lima – Goiás, Brasil

Sinopse:
Desde 1992, com a inauguração do Porto de Suape em Recife, os tubarões intensificaram os ataques contras os banhistas e surfistas. Os depoimentos dos moradores, pescadores, surfistas e ambientalistas narram como a degradação do meio ambiente contribuiu para o crescente número de vítimas de ataque de tubarões na Região Metropolitana de Recife, Pernambuco.

Bode Rei, Cabra Rainha – Documentário, 48min, 2008, direção: Helena Tassara – São Paulo, Brasil

Sinopse:
No Nordeste semi-árido, na região da Caatinga, no sertão, enfim, é costume dizer-se que não é o homem quem cria o bode, mas o bode quem cria o homem. Diz-se também que do bode se aproveita até o berro. Assim é de fato. E é por isso que, neste documentário, os personagens principais são esses animais: o bode e a cabra. Muitas vezes tratados pelo sertanejo como seres quase humanos, companheiros de infortúnios e jornadas, eles carregam muita história. Isso todo mundo sabe.

Espírito de Porco – Documentário, 52min, 2009, direção: Chico Faganello e Dauro Veras – Santa Catarina, Brasil

Sinopse:
O Espírito de Porco, sábio suíno recém-abatido, volta ao mundo com uma missão: narrar a saga da suinocultura industrial catarinense, que possui o maior rebanho do Brasil, com suas contradições, riquezas, resíduos e mudanças. Com humor, reflete sobre os resultados desiguais da atividade, que começou artesanal e foi cevada pela agroindústria para alimentar o mundo com salames e presuntos. Em sua jornada o Porco peregrina pelos círculos do inferno, purgatório e paraíso. Mostra-nos que é possível evoluir e viver melhor – tanto a humanidade quanto a porcandade.

Graffiti em Ruínas e Outros Muros – Documentário, 31min, 2008, direção: João Novaes – Goiás, Brasil

Sinopse:
Graffiti é arte ou transgressão, como ainda quer a lei, que o associa ao vandalismo, assim como a pichação? Aliás, graffiti e pichação são a mesma coisa? "Graffiti em ruínas e outros muros" é um documentário que retrata processos de intervenção urbana que utilizaram o graffiti como forma de transformação lúdica do meio ambiente caótico da cidade. O vídeo apresenta alguns destes "vândalos" e sua arte ao mesmo tempo evanescente e perene, cotidianamente destruída pela propaganda desenfreada nas ruas e muros de Goiânia.

Viver com Vergonha – Documentário, 25min, 2008, direção: Huaqing Jin – China

Sinopse:
Existe uma pequena cidade com uma história de 20 anos de desmontagem e decomposição de sucata metálica. Mais de 50.000 trabalhadores de outros lugares são a força primordial por trás da indústria. Eles não tem conhecimento, mas, ainda assim, realizam o milagre de transformar pedras em ouro de uma forma própria e original. Eles fizeram muito dinheiro, muito mais do que fizeram durante toda uma vida em suas cidades-natal, porém pagaram caro por isso.

Encruzilhadas de Energia: A Necessidade Ardente para uma Mudança de Curso – Documentário, 55min, 2007, direção: Christophe Fauchere – EUA

Sinopse:
Enquanto os recursos finitos da Terra estão se esgotando rapidamente, a maioria dos peritos concorda que o auge da produção mundial de óleo_ quando a procura exceder a oferta_ acontecerá dentro dos próximos 15 anos e mudará drasticamente cada tecido do nosso mundo industrializado. Como os combustíveis fósseis potencializam cada faceta da economia americana, como poderemos evitar uma crise de energia e um possível colapso de nossa economia? Está claro que para sobrevivermos em nossas sociedades modernas, nós teremos que mudar os cursos drasticamente e o mais rápido possível.

Morrendo em Abundância – Documentário, 51min, 2008, direção: Yorgos Avgeropoulos – Grécia

Sinopse:
Um punhado de companhias multinacionais arranjou uma forma de controlar o “coração” dos alimentos que nós colocamos na mesa todos os dias: as próprias sementes e, portanto, a produção agrícola global. Corretoras do mundo desenvolvido fazem especulações em negócios relacionados a alimentos, aumentando e abaixando os preços, jogando com o direito fundamental de milhões de pessoas de terem acesso à comida. Enquanto isso, quase um bilhão de pessoas no planeta estão subnutridas e 25.000 morrem de fome a cada dia. Há a possibilidade de a Terra não ser mais capaz de alimentar sua população? A evidência prova o contrário! A crise dos alimentos que ficará na história ocorre num momento em que o planeta está produzindo mais comida do que nunca.
“Morrendo em Abundância” revela o Absurdo ante os nossos olhos, as interconexões de um sistema pelo qual, enquanto há comida suficiente, ela é tão cara que os pobres não podem pagar.

Proibido Respirar – Documentário, 30min 21seg, 2008, direção: Ricky Farina, Pietro Menditto e Diego Fabrício – Itália

Sinopse:
“Proibido Respirar” nasce numa onda de problemas com lixo em Nápoles e em Campania. Filmado em poucos dias com uma câmera Handycam, pensado para a Internet – onde teve uma extensa continuação -, o filme desembarca no circuito do festival, confrontando produções muito mais sólidas e organizadas: do “youtube” para as salas de cinema. A imagem-símbolo do documentário é a modelo com uma máscara anti-fumaça no cais de Bagnoli. A cor dominante é amarelo-esverdeada, surrealista e ácida, e pretende ser uma metáfora para  “beleza em perigo”.

No Centro da Terra, de Poços e Homens – Documentário, 25min, 2008, direção: Ingrid Patetta - Nigéria

Sinopse:
Um homem em pé na boca de um poço, usando um arreio de corda rudimentar. Câmera na mão, ele mergulha no poço e inicia um mergulho de 126 metros, onde, em seu fim, o homem alcança dois outros homens trabalhando no centro da terra. No decurso das entrevistas de um mestre em mergulhos em poços e seus trabalhadores, o filme homenageia a tradição e a habilidade costumeiras dos homens de Sahel que lutaram contra a areia para terem acesso à água. Filmado nas paisagens desérticas da Nigéria, o filme trata dos seguintes temas: acesso à água, desertificação e sua impacto nas comunidades nômades criadoras de gado.

Anjo Morto no Solo – Ficção, 30min, 2008, direção: Babak Amini – Irã/Iraque

Sinopse:
Uma garota curdo-iraquiana ganha a vida para ajudar seu pai doente vendendo ossos de soldados iranianos, remanescentes da Guerra entre Irã e Iraque. Um dia, ela atravessa um incidente terrorista envolvendo um soldado americano em sua volta para casa. Ela se envolve em tal incidente, tentando ajudar o soldado.

Arrakis – Documentário, 23min, 2008, direção: Andrea Di Nardo - Itália

Sinopse:
Arrakis é um documentário-tributo poético a lugares e vítimas do progresso industrial na Itália. Cenas de fábricas fechadas proporcionam o plano de fundo para uma voz mudada pela doença. É a nova voz de Silvestro Capelli. Silvestro Capelli, trabalhador formado na Breda Foundry, Sexto São Giovanni, foi submetido a uma laringectomia devido a um tumor causado pela exposição ao amianto. Capelli diz: “Todos sabiam, mas ninguém falou nada. Os sindicatos sabiam, os diretores sabiam, o comitê de saúde local sabia: todos, menos os trabalhadores. Eles nos condenaram à morte e à invalidez...”.

O Fim – Ficção, 27min, 2009, direção: Eduardo Chapero Jackson - Espanha

Sinopse:
Uma família americana de classe média deve lutar para sobreviver numa nação dilacerada pela falta de água.

Veneno à Venda – A História de Sucesso da Multinacional Americana Monsanto – Documentário, 29min, 2007, direção: Manfred Ladwig - Alemanha

Sinopse:
Durante a Guerra do Vietnã, o “Agente Laranja” foi borrifado pela selva vietnamita. Trinta anos depois, os veteranos americanos do Vietnã e antigos combatentes pela libertação se uniram para lutar juntos, exigindo indenizações pelos danos causados a eles e a seus filhos, após a contaminação com tal veneno. Um dos produtores é a gigantesca indústria química americana Monsanto. Por anos, Monsanto negou que o Agente Laranja era perigoso. Este filme dá uma idéia sobre a companhia Monsanto e suas últimas atividades empresariais.

Caçadores de Dinossauros – Documentário, 63min 40seg, 2008, direção: Neila Tavares e Lara de Campos Velho – Rio de Janeiro, Brasil

Sinopse:
Em setembro de 2007 o paleontólogo Alexander Kellner (professor do Museu Nacional/UFRJ) partiu em uma expedição multidisciplinar em busca de fósseis de dinossauros na cidade de Tesouro, no Mato Grosso (Amazônia Legal). A equipe de 18 pesquisadores, entre eles professores e estagiários de diversas instituições científicas do país, coletou uma tonelada e meia de material fóssil - entre eles diversos ossos de dinossauros -, que ajudarão a contar a história da paleontologia brasileira e da pré-história daquela região. A produtora Terra Brasilis Filmes acompanhou os 35 dias desta expedição.

Uma Água – Documentário, 68min, 2008, direção: Sanjeev Chatterjee e Ali Habashi – Estados Unidos

Sinopse:
A água é essencial para a existência. Nossos corpos precisam dela, como nossas almas. É a coisa do viver e do morrer, do suor e de lágrimas, da necessidade e do questionamento. Bolhas d'água atravessam nossa imaginação, espirram em nossas formas de brincar e sopram através dos afluentes da espiritualidade humana. Ainda assim, tão preciosa como sabemos que a água é, nós a temos tratado como se fosse infinita e barata, o que leva a uma crise internacional de proporções épicas. Apresentamos, agora, “Uma Água”_ um filme que celebra as infinitas formas que a água vem tocando a vida humana pelo planeta e explora nossa mudança de comportamento em relação a água.

Longas (4 obras)

A Árvore da Música – Documentário, 80min, 2009, direção: Otávio Juliano – São Paulo, Brasil

Sinopse:
O IBAMA considera o pau-brasil como espécie da flora em perigo de extinção. A música de Beethoven, Brahms, Schubert e seus herdeiros musicais não pode ser executada sem o arco de violino moderno, mas os arcos de alta qualidade só podem ser feitos a partir da madeira do pau-brasil, encontrado apenas nas matas brasileiras. O paralelo entre a extinção do pau-brasil e seu efeito na música é a espinha dorsal do documentário. O futuro da música depende de uma árvore à beira da extinção.

Corumbiara – Documentário, 118min, 2009, direção: Vincent Carelli – Pernambuco, Brasil

Sinopse:
Em 1985, o indigenista Marcelo Santos, denuncia um massacre de índios na Gleba Corumbiara (RO), e Vincent Carelli filma o que resta das evidências. Bárbaro demais, o caso passa por fantasia, e cai no esquecimento. Marcelo e sua equipe levam anos para encontrar os sobreviventes. Duas décadas depois, “Corumbiara” revela essa busca e a versão dos índios...

Kalunga – Documentário, 77min, 2009, direção: Luiz Elias, Pedro Nabuco e Sylvestre Campe – Goiás, Brasil

Sinopse:
A comunidade Kalunga de Goiás, o maior remanescente quilombo do Brasil, aguarda a demarcação definitiva de suas terras. Brígida faz uma viagem de volta. Através dela há uma ponte para a história, na memória da comunidade e nos depoimentos sobre a regularização fundiária na Kalunga ancestral.

Uma Água – Documentário, 68min, 2008, direção: Sanjeev Chatterjee e Ali Habashi – Estados Unidos

Sinopse:
A água é essencial para a existência. Nossos corpos precisam dela, como nossas almas. É a coisa do viver e do morrer, do suor e de lágrimas, da necessidade e do questionamento. Bolhas d'água atravessam nossa imaginação, espirram em nossas formas de brincar e sopram através dos afluentes da espiritualidade humana. Ainda assim, tão preciosa como sabemos que a água é, nós a temos tratado como se fosse infinita e barata, o que leva a uma crise internacional de proporções épicas. Apresentamos, agora, “Uma Água”_ um filme que celebra as infinitas formas que a água vem tocando a vida humana pelo planeta e explora nossa mudança de comportamento em relação a água.

Mudança no Mar – Documentário, 86min, 2009, direção: Barbara Ettinger – Estados Unidos

Sinopse:
Imagine um mundo sem peixes. As mudanças climáticas afetam mais do que o ar que respiramos; o aumento de dióxido de carbono, o valor oculto da vida moderna, está se dissolvendo nos oceanos. Cientistas em todo o mundo estão, agora, medindo e documentando o aumento da acidez oceânica, um estado que continuará por milhões de anos. A maior parte das peixarias experimentará um ascendente colapso. Essa questão minimamente reportada é vivenciada, em particular, por Sven Huseby. Criado em comunidades pesqueiras desde a Noruega ao Alasca a Seattle, o único senso de identidade de Sven é estritamente vinculado à vida e ao conhecimento das marés.

Séries Televisivas (2 obras)

Por Trás do Mundo – 2008, direção: Jakob Gottschau - Dinamarca

Sinopse:
Neste milênio, países pelo mundo prometeram reduzir o número de pessoas que vivem na pobreza extrema em 50%, antes de 2015. Em algumas partes do mundo, a implementação do então chamado “objetivo do milênio” está encaminhada_ entretanto, muitos países africanos tem ficado para trás. A intenção desta série é dar uma idéia sobre a luta árdua que muitas pessoas na África precisam passar por até atingir uma meta muito importante: Sobreviver. Nessa série, nós reunimos mendigos e camponeses afetados pela mudança climática e pela seca- e o garoto Zenabu, que luta pelo seu direito de frequentar a escola.

• Capítulo 1: Os Mendigos em Addis Ababa - 28min 30seg

• Capítulo 2: Quando a Chuva Cai - 28min 30seg

Lance a Moeda – 2008 - Dinamarca

• Capítulo 1: Uma Torre de Promessas - 57min 30seg – direção: Tom Heinemann

Sinopse:
Duas das gigantes líderes em telecomunicação, Ericsson, da Suécia, e Telenor, da Noruega, são as principais jogadoras no “boom” da indústria de telecomunicação em Bangladesh. Milhares e milhares de torres de telefonia vem sendo produzidas e erguidas sob condições extremamente rigorosas. Entretanto, ambas companhias garantem que tudo tem sido feito relacionando o trabalho com os âmbitos social, ético, ambiental e de forma segura. Dificilmente, há um fim para as belas palavras endereçadas ao público através da então chamada política-RSC (Responsabilidade Social Corporativa) pelas empresas Telenor e da Ericsson.
Nada pode ser mais errôneo. Bellal Hossain Begum, de 22 anos, perdeu sua vida – queimado até a morte após cair dentro de um tonel com água fervente. Sua mãe recebeu tardiamente um cheque do dono da fábrica. O preço pelo trabalhador morte em Bangladesh é de aproximadamente 1.400 dólares. E Bellal não é o único. Telenor, após as conseqüências deste documentário, admitiu que, pelo menos, 9 trabalhadores foram mortos enquanto trabalhavam para uma companhia controlada pela Telenor, chamada Grameen Phone, em Bangladesh.

• Capítulo 2: O Gosto Amargo do Café - 58min 30seg – direção: Tom Heinemann e Erling Borgen

Sinopse:
Nos lindos e exuberantes jardins de chá no Quênia, na Índia, em Bangladesh e no Sri Lanka, milhões de trabalhadores se esforçam todos os dias – lutando para sobreviver.
Eles colhem chá para companhias multinacionais como Lipton e Finlay's. AS companhias prometem aos consumidores que eles atuarão como membros responsáveis da sociedade global – protegendo o meio ambiente, garantindo o bom trabalho e as condições de vida dos trabalhadores.
Nada poderia ser pior.
Os consumidores ocidentais se voltaram ao Fairtrade (“justo comércio”), porque o Fairtrade/Max Havelaar garante que os trabalhadores nos estados de chá certificados pelas Fairtrades ganham um dinheiro extra, sempre que o consumidor comprar o chá deles.
Este filme conta a verdadeira história de como as Fairtrades não são tão justas assim.

Fontes: e-commerce.cultura.com.br


XI FICA NA CIDADE DE GOIÁS VELHO

Camping

Fique informado nas Comunidades no Orkut:

IX FICA 2007 .. X FICA 2008 .. XI FICA 2009 .. XII FICA 2010

Ecoturismo no FICA - Oficinas - FICA Lançamento

Casas para alugar no FICA

PROGRAMAÇÃO DO FICA 2009

SHOW DE ENCERRAMENTO DO FICA 2009

COMO FAZER INSCRIÇÕES PARA O FICA 2009

Cursos e oficinas que serão oferecido no FICA 2009

INSCRIÇÕES

Endereço do FICA em Goiânia

LOCAL: Praça cívica n°2 centro - Escritório do FICA.

Para oficinas serão exigidos currículo e identidade.

Demais cursos, será exigido apenas identidade.

Cada candiato poderá se inscrever para apenas 1 (um) curso ou oficina.

CONTATO:  (62) 3223.1313 / oficinas@fica.art.br

Cursos que serão oferecidos NO FICA 2009:

Confira a Grade de Programação do XI FICA em breve!

Show de Encerramento do FICA 2009

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pesquisa Escolar: Geografia * História

Copyright © 2008 - Image Factory , All Rights Reserved - Envie suas sugestões para goiasvelho.tur@hotmail.com


 

 

 

 

 

 

 

Outros em Breve:

CURSOS E OFICINAS OFERECIDOS NO XI FICA na Cidade de GOIAS VELHO - O SITE MAIS COMPLETO DA CIDADE DE GOIAS VELHO -

Usuários online